O presente da publicidade é programático

O presente da publicidade é programático

Sim, já ficou estranho dizer que a mídia programática é “futuro da publicidade”. A mídia programática se tornou tão acessível nos últimos tempos que, de certa forma, já se tornou íntima do mercado publicitário.E não é mais íntima apenas de grandes agências ou anunciantes. Agora, ela também está presente no dia a dia do microempresário, do influencer, e impacta praticamente qualquer um que tenha acesso à internet.

Na verdade, a tendência que se espalha junto à transformação digital de diversos ramos, sejam B2B, sejam para o consumidor direto. Todos os mercados estão ampliando as possibilidades de escolha, customização e em virtude da ampla distribuição da internet e da diversificação e disponibilização de dados que ela permite. E-commerces com diversas lojas em uma mesma plataforma, apps de delivery que apresentam um mar de possibilidades na palma da mão do consumidor… Como a publicidade poderia passar ilesa deste cenário?

A título de curiosidade, a Exchange Wire Brasil mostra que  até 2020, cerca de 90% das campanhas publicitárias em mobile serão veiculadas de forma automatizada, ou seja, programaticamente”. Isso ganha ainda mais dimensão quando a revista Meio e Mensagem aponta que uma pesquisa da conceituada PwC mostra que os anúncios em mobile devem escalar até 6 bilhões de dólares até 2023 só no Brasil.

Considere ainda como a transformação digital foi acelerada por conta da situação global que 2020 e 2021 impuseram ao mundo inteiro. Entenderam o por quê disse que o presente da publicidade é programático? 

Então, como evitar que o DOOH se encaixe nesta realidade?

Começa a se tornar cada vez mais difícil pensar no DOOH sem ser programático. Na mídia programática, os anunciantes conseguem mensurar melhor seus resultados, conseguem preços transparentes, controlam sua verba muito mais facilmente e têm a liberdade de customizar sua campanha como nunca antes através dos dados que estão acessíveis nas DMPs*. E o cenário do DOOH programático é, por essas e outras, extremamente promissor. 

*As DMPs (Data Management Platforms) são plataformas que organizam volumes gigantescos de dados de incontáveis fontes diferentes para apresentá-los de modo que facilite seu compreendimento e se torne útil aos profissionais e outras plataformas.

A conexão 5G se aproxima e junto a isso se consolidará a Internet das Coisas (IoT). Combinados, estes dois fatores abrirão portas para inúmeras inovações no DOOH, e tudo isso deve vir acompanhado do formato de compra da mídia programática por conta de todo o cenário descrito. 

Frente ao mobile, o Digital Out-of-home apresenta algumas grandes vantagens: a Harris Poll, junto à Out of Home Advertising Association (OAAA), identificou que, nos EUA, 75% dos consumidores estão desligando os anúncios online e móveis devido ao cansaço da tela, e atividades seguras ao ar livre são do interesse de 78 por cento dos millennials (principalmente com a melhora do panorama pandêmico em que nos encontramos). 

Por isso, acreditamos que a comercialização programática de DOOH é inevitável. E a adMooH, semelhante a um e-commerce, oferece a possibilidade de veículos de mídia disponibilizarem suas telas de forma totalmente programática em uma plataforma que já é acessada por anunciantes multinacionais e locais, agências premiadas e iniciantes, enfim – clientes de todos os tamanhos dispostos a diversificar suas campanhas publicitárias com o DOOH, principalmente se for em telas de fácil acesso.

Nela, o anunciante poderá selecionar as telas com base em dados socioeconômicos, região, ou até mesmo um espaço específico para anunciar. Tudo com customização de horários e datas precisas.

Através da nossa plataforma, em poucos passos, os anunciantes podem tornar suas telas no palco de diversas campanhas ao mesmo tempo. Em alguns casos, é possível até abrir mão da necessidade de envolver pessoas no processo de venda destes anúncios. 

No entanto, esta pode ser uma mudança radical para diversos veículos de mídia. Este novo modo de operação e comercialização de espaços pode assustar e, de repente, espantar empresas de uma oportunidade que promete ser muito benéfica a ambos os lados da negociação.

Para os veículos de mídia que ainda podem ter dúvidas do processo e do fluxo de vendas no DOOH programático, vamos explicar melhor cada etapa.

Vamos aos passos:

1) Negociação

O executivo de vendas continua vendendo todos os benefícios dos veículos DOOH para agências e anunciantes. O que muda aqui é que é necessário identificar também em qual DSP* irão processar a campanha.

*Demand Side Platform – plataformas de software que auxiliam anunciantes na compra de mídia digital e visam o melhor ROI possível para o anunciante.

2) Execução da campanha

Após a venda da campanha, o veículo DOOH vai até a plataforma adMooH e cria o anúncio, selecionando as mesmas telas, datas e horários vendidos ao anunciante.

3) Criação de negócio

Nosso time será notificado e criará um ticket para o acordo que foi fechado. Com este ticket, o veículo DOOH deve informar para adMooH em qual DSP a agência fará a campanha. Desta forma, criamos o acordo na plataforma e retornamos com um “DEAL” específico para ativar a campanha criada.

4) Configuração do Deal

O veículo só precisa informar para agência o Deal. Vale notar que este processo pode ser feito diretamente pela adMooH.

5) Veiculação da campanha

Após as configurações, a veiculação da campanha finalmente começará como combinado!

6) Fim da campanha e pagamento

Diferente das campanhas feitas diretamente na adMooH, quando o anúncio vem através de uma DSP, o pagamento leva mais tempo para ficar disponível.

Por regra, o anunciante tem 30 dias para avaliar os relatórios e potencialmente questionar algo à DSP ou à SSP***. Depois deste prazo, são mais 30 dias de processamento da DSP, SSP e pagamento. Assim que recebemos o pagamento da SSP, levamos até 05 dias úteis para processar e repassar o dinheiro aos veículos.

É importante destacar que o fechamento é mensal. Você recebe tudo que foi fechado no mês vigente, e não necessariamente por campanha.

***Supply Side Platform – plataforma utilizada pelos publishers/veículos de mídia DOOH para vender mídia digital no melhor preço possível e de forma automatizada 

A regra é clara para que este fluxo funcione sem entraves, afinal, a mídia programática precisa funcionar sempre bem para cumprir com o imediatismo e customização que promete.

Se interessou? Não hesite em navegar em nossa plataforma para pegar um gostinho da experiência que os anunciantes podem ter com você.

Vale lembrar que você pode tornar seu próprio site em um e-commerce para suas telas com o my.adMooH, escolhendo inclusive se exibe ao anunciante apenas as suas telas ou se agrega toda a variedade que a plataforma adMooH oferece!

Comentários